Skimboard em Ondas | Wave Skimboarding – OndaSkim

O equipamento básico que você precisa para praticar o Skimboard em ondas é a prancha de Skimboard.


Desde o início da prática do Skimboard em ondas, em cerca de 1960, as pranchas de Skimboard vêm evoluindo ao longo das décadas. Os Skimboards modernos para ondas são construídos com um bloco de alta densidade, fibra de vidro ou fibra de carbono, e resina (geralmente epóxi).


Pranchas de Skimboard madeira não funcionam na água ?

Os Skimboards de madeira são mais baratos que os de fibra de vidro ou de carbono. Apesar disso, por serem mais pesadas, as pranchas de madeira não flutuam tanto quanto as de fibra de vidro ou de carbono. Por isso, elas são mais usadas para o Skimboard na modalidade Flatland, em que o Skimboarder desliza na areia molhada, ou em rios, realizando manobras. 

 

O MaterialShape, Tamanho, Bordas Envergadura (Rocker) são aspectos importantes de uma prancha de Skimboard.

 


Material

 

Um dos aspectos mais importantes com relação aos materiais da prancha de Skimboard é o tipo de fibra utilizado.

A Fibra de vidro é mais barata do que a de carbono, mas é menos resistente e mais pesada. Por isso, a fibra de vidro é vista como o material de entrada dos Skimboards modernos, enquanto a fibra de carbono é o material de mais alta performance, utilizada pela maioria dos Skimboarders profissionais.

 

Tamanho

 

O tamanho é o aspecto mais importante de uma prancha de Skimboard de fibra com relação à flutuação.

Quanto maior a prancha, mais ela irá flutuar, ou seja, mais longe você irá conseguir planar na água. Quanto menor a prancha, mais fácil ela será de manobrar na água.

Por isso, não existe um “tamanho ideal” de prancha para cada pessoa, mas existem tamanhos recomendados dentro de faixas de peso (que são diferentes para cada fabricante de pranchas de Skimboard). Nós da Ondaskim sugerimos que você consulte o quadro de tamanhos de prancha de cada fabricante antes de fazer a sua escolha.

 

Shape

 

O Shape é o contorno da prancha, seu formato.

Geralmente, uma prancha com um contorno mais “arredondado” no bico e na rabeta vai flutuar mais, porém vai proporcionar ao Skimboarder curvas mais suaves resultando em menos agressividade nas manobras.

Por outro lado, uma prancha com um bico, rabeta e largura central mais estreitos irá flutuar um pouco menos, mas vai proporcionar curvas mais fechadas na água e mais agressividade nas manobras nas ondas.

 

Bordas

 

As bordas de um Skimboard tem uma grande importância, sendo comparadas com as quilhas das pranchas de surf.

Elas, assim como o shape, são responsáveis pelo controle, flutuação e agressividade das manobras nas ondas.

As bordas dos Skimboards têm duas grossuras padrões (medidas em polegadas):

5/8′ Mais fina, resulta em menos flutuação e maior facilidade para manobrar.

3/4′ Mais grossa, flutua mais e proporciona mais dificuldade para manobrar.